• Descomplicando

Suprema Corte da Pensilvânia decidiu que os empregadores têm o dever legal de proteger informações p



Hackers. Por melhor que seja o sistema de segurança de uma empresa, e até mesmo de um Departamento de Inteligência de qualquer país, uma invasão de hackers é possível. Aliás, isso tem acontecido com certa frequência.

Em 2017, os dados de 57 milhões de usuários da empresa Uber foram roubados por hackers. No ano passado foi a vez de mais 29 milhões de usuários do Facebook.

Com receio de outros ataques como esse, a Suprema Corte do estado da Pensilvânia decidiu em Dittman v. UPMC que os empregadores têm o dever legal de proteger informações pessoais de funcionários armazenadas em seus sistemas contra possíveis invasões.

Nesse processo, o empregador era o Centro Médico da Universidade de Pittsburgh (UPMC), que teve os dados de 62.000 funcionários (incluindo ex-funcionários) roubados por hackers em 2014. Posteriormente, os criminosos usaram esses dados (nomes, aniversários, números da Previdência Social, endereços, salários e informações bancárias e fiscais) para apresentar declarações de impostos fraudulentas e roubar reembolsos de impostos.

Um grupo de funcionários entrou com uma ação coletiva alegando que como o empregador exigiu todos esses dados para sua contratação, deveria tê-los protegido devidamente.

A recente decisão da Suprema Corte da Pensilvânia, que reverteu duas polêmicas decisões tomadas anteriormente, se baseou no fato de a UPMC não ter tomado as medidas de segurança adequadas.

Essa decisão é bastante importante para a área de lei de responsabilidade civil no quesito de cibersegurança. Talvez, futuramente, outros tribunais se baseiem nela para garantir a proteção dos dados dos funcionários de quaisquer empregadores.

Fonte: Lei do Gringo

#cibersegurança #hacker #SupremeCourt

11 visualizações

©2020 by Descomplicando o Inglês Jurídico.

Ligue ou mande uma mensagem agora: (11) 9.8236-7009

contato@descomplicandoij.com

  • YouTube - Black Circle
  • LinkedIn - Black Circle
  • Facebook - Black Circle